Lobeira, o fruto do Lobo!

A espécie vegetal Solanum lycocarpum, popularmente conhecida como “lobeira” ou “fruta-de-lobo”, é um arbusto grande ou pequena árvore de 3 a 5 m de altura, com copa arredondada e aberta, com espinhos grandes nos ramos, nativa das regiões do cerrado brasileiro. Esta planta desenvolve-se em condições ambientais desfavoráveis, tais como terras ácidas e pobres em nutrientes, sendo uma espécie invasora em áreas devastadas pelo homem e em pastagens.



O seu fruto é uma baga verde globosa, volumosa e carnuda, revestida de pilosidade, amarelada quando madura, podendo ser consumida in natura ou ser utilizada para fazer geléias. Os frutos agem como vermífugo para o lobo-guará,daí seu nome popular. Os frutos da lobeira são usados na medicina popular por sua ação diurética, calmante, anti-espasmódica e antiofídica. O pó obtido do fruto verde da lobeira é utilizado comumente como agente hipoglicemiante e hipocolesterolêmico.


Na medicina popular o decocto das folhas da lobeira é utilizado no tratamento de afeções das vias urinárias, cólicas abdominais e renais, espasmos e epilepsia, enquanto que o das flores é usado para o tratamento de hemorróidas.



212 visualizações
  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

© 2014 NaturSense  -  Lençóis | Chapada Diamantina - Bahia | Brasil