A planta de frutos secos que explodem e lançam as sementes longe!

A mamona, também conhecida como mamoneira, rícino ou carrapateira (devido à semente ser semelhante a um carrapato), encontra-se de forma espontânea em diversas regiões do Brasil. A mamona é uma cultura de considerável importância econômica e social no Brasil. O óleo produzido das suas sementes é composto por, aproximadamente, 85% de ácido ricinoleico, o que lhe confere um índice de viscosidade mais elevado e maior estabilidade entre todos os óleos vegetas.

Por estas razões, o óleo de mamona é de elevado interesse para as indústrias de lubrificantes, cosméticos, polímeros, dentre outras. O óleo de mamona é usado na medicina popular como laxante, e para o tratamento de furúnculos e inflamação de ouvido. Há relatos também do uso da própria folha diretamente no corpo, após aquecida no fogo e esfriada a ponto de poder estar em contato com a pele, para fazer baixar a febre.


Algumas das atividades farmacológicas da mamona, comprovadas cientificamente, são a sua ação antioxidante, anti-inflamatória, antibacteriana, antifúngica, e analgésica. A presença de compostos químicos como taninos, saponinas terpenos e flavonóides nas folhas e sementes da mamona fundamenta as propriedades medicinais atribuídas.



  • Facebook - círculo cinza
  • Instagram - Cinza Círculo

© 2014 NaturSense  -  Lençóis | Chapada Diamantina - Bahia | Brasil